Quarta-feira, 19 de dezembro de 2018 -
Educação

Barra Direto com ASCOM UFMT / MICHEL LACOMBE

12/03/2017 13:13:00

UFMT consolida avanço na qualidade dos cursos de graduação e de pós-graduação

Reprodução

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) obteve a nota quatro (muito bom) segundo o Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado na quarta-feira (8) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC). A escala, que vai de um a cinco (excelente), aponta a qualidade das Instituições de Educação Superior (IES).

A nota teve como um dos parâmetros o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), realizado em 2015.

Para a consolidação do IGC foram utilizados o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e da qualidade dos cursos de graduação e avaliados os programas de pós-graduação stricto sensu.

O reitor em exercício, professor Evandro Soares, destaca que “esse resultado é bastante importante e demonstra a qualidade acadêmica da UFMT. Houve um trabalho conjunto das pró-reitorias com o objetivo de melhorar a oferta dos cursos".

O reitor em exercício acrescenta que o próximo passo é a consolidação dos cursos de pós-graduação, estimulando ainda mais a interação com a graduação. Vale ressaltar que os resultados divulgados servem para que as instituições busquem o aprimoramento e elevação da qualidade das atividades fins universitárias, que são o ensino, a pesquisa e a extensão e não para a elaboração de um ranking entre as instituições.

A Pró-Reitora de Planejamento, Teresa Veloso, comenta que a UFMT analisa detalhadamente como aplicar seu orçamento, cabendo à Proplan não apenas à questão de investimento em obras, mas também a aquisição de materiais e equipamentos para laboratórios, salas de aula, de livros, dentre outros. “A Proplan participa desse resultado a partir desse olhar da Universidade sobre as necessidades", frisa.

Clique aqui para acessar o IGC 2015

Clique aqui para acessar o CPC 2015

Clique aqui para acessar o Conceito Enade 2015

Fonte: Inep

Comentar

ATENÇÃO! Os comentários são moderados pelo administrador do site.

(Todos os campos são obrigatório. Seu e-mail não será divulgado.)

Nome: E-mail: Comentário:
Restam caracteres.

Comentário(s) desta notícia

Não há comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.