ALMT - Isso é lei
Terça-feira, 24 de outubro de 2017 -
Opinião

Barra Direto / VALTENIR PEREIRA

24/06/2017 21:38:00

Carta aberta aos membros do PSB

Não é do meu interesse afastar ninguém da militância, mas será meu dever impedir traições à trajetória do PSB

Como já é do conhecimento público voltei ao Partido Socialista Brasileiro e a convite da direção nacional fui designado para a presidência do partido em Mato Grosso, a fim de organizar a nossa legenda no Estado, para os futuros embates políticos.
 
Os que tiveram a oportunidade de conviver comigo no PSB sabem que tenho história na construção desse partido e na formação política de seus filiados. 
 
Só para relembrar:
 
• Assumi o partido em 2007 e a organização partidária se restringia a sete direções municipais e apenas o prefeito eleito de Juara, Oscar Bezerra, que naquele ano saiu migrando para o PMDB.
 
• Quando saí do partido em 2013, o PSB tinha 13 prefeitos, 10 vices e 90 vereadores. Fui o presidente do PSB que apoiou a candidatura de Mauro Mendes ao governo de Mato Grosso e depois conduzimos com sucesso sua eleição a prefeito de Cuiabá.
 
• Em 2007 o partido tinha 6.568 filiados e conseguimos elevar para 14.224 filiados, um crescimento de 117%.

Nunca fiz política focado em interesses pessoais. Sempre assumi causas e lutas, ao lado dos movimentos sociais

• Quanto à organização partidária, o nosso partido que estava presente em apenas 07 municípios de Mato Grosso passou a existir em todos os 141 municípios do Estado.
 
Recupero esses dados relevantes para demonstrar meu compromisso político com a reconstrução do PSB. Além desses números importantes aqui apresentados, me orgulho de destacar que, na minha gestão, o partido não abandonou os movimentos sociais e a juventude, o movimento de mulheres, os sindicalistas e o movimento negro tinham voz dentro do PSB. A nossa militância socialista é a maior riqueza coletiva do partido.
 
Nunca fiz política focado em interesses pessoais. Sempre assumi causas e lutas, ao lado dos movimentos sociais. De minha parte inclusive quero deixar claro que não exigirei de nenhum filiado, seja detentor de mandato, ou simplesmente com ficha de filiação partidária, que apoie os interesses eleitorais do deputado Valtenir. A única exigência da qual não posso abrir mão é a da coerência com os princípios do nosso partido. Jamais exigirei fidelidade a mim, mas sim ao PSB.  
 
A minha volta ao PSB significa um reposicionamento do partido, uma reconciliação com as ruas, longe das benesses do poder. A nossa luta será para conquistarmos o poder em 2018, para fazê-lo funcionar em benefício dos que mais precisam do Estado, os mais carentes.
 
Não é do meu interesse afastar ninguém da militância partidária, mas será meu dever impedir traições à trajetória do PSB.
 
Por isso voltamos.
 
Saudações Socialistas.
 
Valtenir Pereira é deputado federal e presidente da Direção Estadual do PSB/MT

Comentar

ATENÇÃO! Os comentários são moderados pelo administrador do site.

(Todos os campos são obrigatório. Seu e-mail não será divulgado.)

Nome: E-mail: Comentário:
Restam caracteres.

Comentário(s) desta notícia

Não há comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.

Águas de Barra do Garças
Elaine Souza
EuMeDeiBem.com