ALMT - Isso é lei
Quarta-feira, 23 de agosto de 2017 -
Opinião

Dr Paulo Henrique Marques

09/08/2017 22:20:00

Por que a sua empresa precisa de uma Assessoria Jurídica?

Em tempos de crise econômico-financeiras em que vivemos, em que assistimos o País namorar com a bancarrota, esta pergunta mais que nunca precisa ser refletida e respondida.

Vivemos em um cenário onde os erros devem ser mínimos, e por isso nunca foi tão necessário que as empresas usem da advocacia preventiva, para evitar problemas. Nunca esteve tão em alta o jargão popular de que “É melhor cercar do que correr atrás’.

Evidentemente uma orientação correta nas tomadas de decisões do dia a dia da empresa faz toda diferença ao negócio, pois proporciona ao empresário segurança e tranquilidade, fatores que potencializam para a sobrevivência da empresa no mercado competitivo, bem como para a sua expansão.

Um grande costume, também um grande erro dos empresários é acionar um advogado apenas quando o problema já está estabelecido, ou seja, quando a empresa já foi intimada como ré em alguma demanda judicial (trabalhistas, indenizatórias e até criminais, por exemplo), ou quando precisar entrar com uma ação para garantir um direito que foi violado. Isso acaba tornando os serviços mais caros do que se houvesse uma assessoria jurídica planejada.

Porém, este mau costume já começou a mudar, porque empresários são os membros da sociedade com uma visão ampla, estrategista e com foco no crescimento de sua empresa, e por isso perceberam que ao ter uma assessoria jurídica que o orienta e previne em suas tomadas de decisões, lhe dá segurança jurídica para verdadeiramente gerir o seu negócio como empreendedor, vendedor e gestor que deve ser, seja ao fechar contratos com clientes e fornecedores, lançar um novo produto/serviço no mercado, contratar ou demitir um funcionário ou até mesmo para adverti-lo, seja para ampliar a sua empresa e/ou abrir uma nova empresa/filial, dentre outras tantas questões que fazem parte do meio corporativo.

Hoje em dia, em um pensamento paralelo ao dos planos de Saúde, existem escritórios, como o que trabalho, que oferecem planos de assessoria jurídica bem acessível, criando um verdadeiro elo de proteção (quase uma redoma), entre os advogados e as empresas / empresários, de modo que as empresas conseguem se proteger integralmente com baixos custos em assessoria difusa, constante e de resultados. Existem planos que cobrem desde apenas a pessoa jurídica, passando pela proteção também dos sócios e podendo atingir até mesmo todos os funcionários que pertençam aos quadros das empresas.

Veja que são inúmeras as vantagens de ter um pilar jurídico dentro de sua empresa, muitos empresários perceberam que a contratação de uma assessoria jurídica, cujo papel será mais preventivo e consultivo é um investimento e não uma despesa a mais, pois o advogado age em conjunto com o empresário, mostrando-lhe o caminho mais seguro a ser seguido nas realizações dos negócios de sua empresa. Diante deste cenário é mais que passado da hora dos empresários que ainda não se antenaram a esta realidade ir em busca desse grande benefício e proteção.

Paulo Henrique Marques é Advogado militante a 10 anos, pertencente ao escritório Sando Saggin Advogados Associados - Barra do Garças  , assessor e consultor jurídico, juiz leigo do TJMT e professor universitário (Cathedral e UFMT). Especialista em direito penal e processo civil.                       

Comentar

ATENÇÃO! Os comentários são moderados pelo administrador do site.

(Todos os campos são obrigatório. Seu e-mail não será divulgado.)

Nome: E-mail: Comentário:
Restam caracteres.

Comentário(s) desta notícia

Não há comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.

Águas de Barra do Garças
Elaine Souza
Israel Barbosa
EuMeDeiBem.com