Quinta-feira, 18 de outubro de 2018 -
Geral

Semana 7 / RONAN DE Sá

27/08/2017 20:17:00

Primeiro buzinaço contra a implantação da faixa azul em Barra do Garças

Semana 7

Manifestantes fizeram o primeiro buzinaço contra a faixa azul em Barra do Garças.

Manifestantes contrários a implantação da Faixa Azul em Barra do Garças, fizeram no final da tarde hoje (25), o primeiro buzinaço pelas principais ruas contra o estacionamento rotativo pago na cidade.

Entre carros e motos cerca de 30 veículos participaram do protesto. Entres eles funcionários de lojas, empresários, advogados e militantes contrários seguiam um trio elétrico e gritavam palavras de ordem contra o serviço, que segundo Felipe Morbeck, militante do Movimento Brasil Livre (MBL), é ilegal e absurdo da maneira como querem implantar.

Hoje pela manhã aconteceu uma audiência pública para discutir o serviço do estacionamento rotativo pago. Mas, devido aos fortes protestos contrários, o secretário municipal de Planejamento, Mauro Piauí decidiu encerrar a audiência, não deixando claro qual seria o resultado.

Desde quando foi implantado o serviço da Faixa Azul gera polêmicas. Judicializado, já conta duas liminares, uma contra e outra favor, cabe agora o Tribunal de Justiça decidir e mérito da questão. Enquanto isso, segundo os manifestantes, os protestos vão seguir.

Audiência pública de hoje (25) ocorreu após o prefeito Roberto Farias (PMDB), decidir suspender o serviço durante o Encontro Regional da Agricultura, onde partipara o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, senador José Medeiros, deputados Baiano Filho e Adalto de Freitas. Para não ofuscar ainda o evento, devido as vaias, gritos e palavras de ordem, Roberto Farias decidiu suspende as atividades da Faixa Azul durante 12 dias e mandou realizar duas audiências públicas.

Descontentes com o andamento de como foi conduzida as audiências, os manifestantes decidiram dar continuidades as manifestações. “Estão nos chamando de palhaços, armaram um circo aqui, não vamos aceitar isso”, disse o manifestante do MBL, que prometeu mobilizar novos protestos nas redes sociais.

A secretaria de Comunicação, informou a redação que o prefeito está buscando a melhor maneira de resolver o impasse, por isso suspendeu o serviço para ouvir a sociedade organizada, que recebeu parecer favorável do CDL (presidente Jose Vitorino), Rotary Club (Dr Dalton Ciqueira), Associação de Moradores (José Neto) e da Polícia Militar, o comandante da Regional 5, coronel Omar Prado.

Comentar

ATENÇÃO! Os comentários são moderados pelo administrador do site.

(Todos os campos são obrigatório. Seu e-mail não será divulgado.)

Nome: E-mail: Comentário:
Restam caracteres.

Comentário(s) desta notícia

Não há comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.