Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 -
Política

Olhar Direto / RONALDO PACHECO

30/08/2017 15:15:00

Após delação com imagens na mídia, Assembleia Legislativa tem crise de quorum e volta a estudar punição a faltosos

Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Sem conseguir quorum suficiente para votações, no plenário das deliberações Renê Barbour, a Mesa Diretora da Assembleia Legisaltiva voltou a analisar os projetos que determinam punição aos faltosos. O presidente em exercício do Poder Legislativo, deptuado Gilmar Fabris (PSD), é contrário, mas o primeiro secretário da Mesa Diretora, deputado Guilherme Maluf (PSDB), retomou o debate.

“É necessário tomarmos algumas decisões. O próprio deputado [Eduardo] Botelho está propondo a discussão de nova legislação, com desconto [das faltas] em folha de pagamento. Ainda não está fechado, porque o projeto não está pronto, mas deve ser apresentado, em breve”, argumentou Maluf.

A sessão noturna desta terça-feira (29) foi a primeira após a divulgação das imagens, no Jornal Nacional (Globo), em que deputados estaduais foram filmados recebendo dinheiro no gabinete do secretário Sílvio César Correa, no Palácio Paiaugás, na gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

Na pauta da sessão ordinária constavam oito projetos para serem votados, além de dezenas de moções e indicações. O principal projeto era a atualização das tabelas do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Agentes de Administração Fazendária (AAFs), da Secretaria de Estado de Fazenda; e a nova nomenclatura para alguns cargos de servidores da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

“Há necessidade de se punir os faltosos. Não tenho dúvida disso. Todos [os deputados] têm que ter mais compromisso com as sessões. Por falta de quorum, deixamos de votar projetos importantes para mato Grosso”, avaliou Maluf.

Existem dois projetos para punir os faltosos. Um do deputado Oscar Bezerra (PSB), que se encontra tramitando nas comissões à espera de pareceres; e, também, um substitutivo integral de Gilmar Fabris.

Além de Fabris e Maluf, também compareceram à sessão noturna desta terça-feira, no Edifício Dante de Oliveira, os deputados estaduais  Romoaldo Júnior (PMDB), Saturnino Masson (PSDB), Pedro Satélite (PSD), Pastor Sebastião Resende (PSD), Daltinho Adalto Freitas (SD), Professor Adriano Silva (PSB), Janaína Riva (PMDB), Jajah Neves (PSDB) e Doutor Leonardo Albuquerque (PSD), Allan Kardec (PT) e Wancley Carvalho (PV).  A maioria deixou o plenário antes do início da ordem do dia, que é, pelo Regimento Interno, quando ocorrem as votações.

Comentar

ATENÇÃO! Os comentários são moderados pelo administrador do site.

(Todos os campos são obrigatório. Seu e-mail não será divulgado.)

Nome: E-mail: Comentário:
Restam caracteres.

Comentário(s) desta notícia

Não há comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.