Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 -
Educação

Barra Direto com Semana 7 / ASCOM/NPD

20/09/2017 16:46:00

Mostra de Audiovisual da América Latina seleciona três filmes da UFMT Araguaia

Semana7

A 16º Mostra de Audiovisual Universitário da América Latina (MAUAL/ UFMT) selecionou três produções realizadas na região do Araguaia. Dois filmes de curta metragem foram produzidos por estudantes do curso de Jornalismo da UFMT (câmpus Araguaia) como atividade avaliativa da disciplina Produção de Documentário. A narrativa que dá vigor ao curta De Pão e Miojo a gente sobrevive... Né? (Dir. João Paulo Fernandes, 15 min, 2016,) retrata as dificuldades de estudantes universitários, de baixa renda, que vieram de outras regiões do país com o desafio de obterem uma formação em uma universidade pública. Com o objetivo de valorizar saberes ancestrais, passados de geração à geração através da história oral, o documentário Raízes de Fé (Dir. Rafael Vasconcelos,16min, 2016), conta a história de vida de um grupo de raizeiros e mestres populares de Barra do Garças e região.


A terceira obra selecionada na Mostra foi um dos episódios da série Ser Tão Araguaia (Dir. Amaury Tangará, 13min, 2015). O Rio Araguaia é o principal personagem do filme. Através de um diálogo com o violeiro Divino Arbués, as histórias da região vão sendo reveladas através de fatos que marcaram o processo de urbanização e desenvolvimento da região. Insurgências políticas, personagens polêmicos, vivências místicas e os relatos dos povos indígenas mostram o mosaico de riqueza e diversidade do Araguaia.

Todas essas produções foram realizadas e/ou apoiadas pelo Núcleo de Produção Digital-NPD projeto de extensão que busca capacitar alunos, professores e profissionais para atuarem na área do audiovisual, fortalecendo as produções locais e difundindo a cultura do Araguaia.

O estudante João Paulo Fernandes, diretor de um dos documentários selecionados e estagiário do N.P.D, conta a sua experiência ao participar de produções realizada pelo Núcleo e como este tem sido de fundamental importância para sua formação:

“O NPD foi responsável por possibilitar que eu me encontrasse como profissional, achar minha área de atuação. Como não pretendo atuar como Jornalista no final da graduação e sim seguir o ramo do audiovisual, ele assume um papel essencial para meu futuro. Nesses três anos tive a chance de participar de mais de dez produções, com profissionais reconhecidos no mercado e que hoje me convidam para participar de produções por todo o Brasil”.

A mostra está na sua 16º edição e tem por objetivo fomentar o audiovisual em Mato Grosso. Este ano a organização recebeu 117 curtas metragens, sendo selecionados 55 filmes para exibição. No festival tem representação de 13 estados brasileiros e de quatro países latino americano, sendo eles: o México, a Bolívia, a Colômbia e o Chile. A exibição acontece nos 23 a 27 de Outubro na cidade de Cuiabá.  

Comentar

ATENÇÃO! Os comentários são moderados pelo administrador do site.

(Todos os campos são obrigatório. Seu e-mail não será divulgado.)

Nome: E-mail: Comentário:
Restam caracteres.

Comentário(s) desta notícia

Não há comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.