Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019 -
Política

Assessoria

24/11/2018 16:12:00

Max Russi cobra sinal de celular em distritos de Barra do Garças

Assessoria

Deputado Estadual Max Russi (PSB)

A indicação nº 921/2018, apresentada pelo deputado Max Russi (PSB) e aprovada em sessão ordinária, cobra soluções mais efetivas nos "entraves" para a implantação do sinal de telefonia móvel em distritos de Barra do Garças. A demanda foi apresentada pelo vereador do município, doutor Geraldino Alves, o popular "Neto".

Neto explicou que o Vale dos Sonhos, Toriqueije e Indianápolis ainda não foram contemplados com o sinal de serviço. "Tem distrito que possui apenas um telefone para atender a todos os moradores. Esse é um problema que precisa urgentemente ser resolvido", justificou.

O vereador lembra ainda que em 2014 foi aprovada a lei nº 10.199/2014, de autoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que institui a formação do Programa Estadual de Parcerias Público-Privadas (PPP) envolvendo o governo do Estado, as prefeituras e as operadoras de telefonia de celular com atuação no Estado, vai viabilizar telefonia móvel 18 distritos do Araguaia.

"Dois desses distritos estariam na lista de contemplados, mas até agora não tivemos resultados concretos", alegou

Conforme o deputado Max Russi, é necessária uma ação política mais eficaz, cobrando maior atenção das empresas de telefonia celular, no sentido de formalizar uma cooperação para que o problema seja logo resolvido.

"A falta do sinal de celular tem causado grandes transtornos a população desses distritos. É necessário que haja essa colaboração das empresas, para que o povo não fique desassistido, uma vez que o celular é uma necessidade imperiosa nos dias de hoje", analisou.

Comentar

ATENÇÃO! Os comentários são moderados pelo administrador do site.

(Todos os campos são obrigatório. Seu e-mail não será divulgado.)

Nome: E-mail: Comentário:
Restam caracteres.

Comentário(s) desta notícia

Não há comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.